Três Mosqueteiros

Minha Vida com os Trigêmeos

Sossego

Dos três, Joaquim é o que mais gosta de brincar sozinho. Sempre foi assim. Já me preocupei com isso, claro, sou psicóloga. Mas observando atentamente seu comportamento cheguei a conclusão de que é apenas seu jeito.

Ele não é tímido. Ele é o que faz amizades com mais facilidade, adora falar e brincar com estranhos, sempre foi no colo de todo mundo em qualquer lugar. Na escola é o mais sociável. Mas, de vez em quando ele gosta de ficar sozinho, de parar pra pensar na vida, fica brincando com seus brinquedinhos e depois, quando dá vontade, ele vai brincar com os irmãos. Ele gosta de ficar sozinho, ele curte o sossego.

Há uns dias pensando sobre esse jeitinho dele, li um texto da Rosely Sayão, publicado no caderno Equilíbrio da Folha em 12/04 (fico devendo link) que veio a calhar. Ela fala que timidez não é defeito nem doença e eu concordo plenamente. Sensatez e sabedoria da primeira à última frase.

“Toda criança tem o direito de ficar sozinha e quieta” e “Se (…) insistirmos para que ela altere essa sua característica, aí sim, nós poderemos atrapalhar o seu desenvolvimento e prejudicar o seu autoconhecimento, o que é fundamental para qualquer pessoa viver melhor”.

Poderia ficar aqui horas e horas falando sobre isso, sobre o Joaquim, sobre a minha predileção em ficar quieta e sozinha também, e blá blá blá, mais uma coisa que fico devendo. Só não queria deixar de comentar sobre isso e divulgar esse texto que gostei. Afinal, tudo o que é bom deve ser passado adiante, né?! Deixo, então, para blogueiras mais praticantes (sim, vocês!) a dica de assunto para próximos posts. Ou vai dizer que não funciona assim?

Não deixem de ler o texto na íntegra. O acesso ao conteúdo é restrito a assinantes, mas alguns blogs têm o texto transcrito. Espero que gostem.

————————————————-

Quando bati essa foto lembrei muito da minha amiga Jana. Certa vez ela me disse “Pronto, está registrado. Guardarei esse momento pra sempre na memória”, como se parasse o tempo para registrar tudo com a máxima precisão possível. Quando flagrei Joaquim sentado na carreta dos cavalos, ele já havia tirado o chapéu e tirava as botas para molhar os pés no lago. Sozinho, quieto, admirando a paisagem, curtindo seu sossego. Pronto, guardarei esse momento pra sempre na memória.

Anúncios

2 Comentários»

  Octavio wrote @

Feliz dia das Mães!

  Uli wrote @

É um fofo mesmo!!! A foto ficou linda!
Aqui teve um tempo em que a Sara ficava mais na dela. No momento tem sido o Daniel. Vamos ver se ainda vai mudar…rsrsrs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: