Três Mosqueteiros

Minha Vida com os Trigêmeos

Arquivo de Enxoval

O Quarto

cimg6849

Uma dica preciosíssima para pais de múltiplos: móveis do quarto feitos sob medida. Aqui em casa encomendamos tudo ao nosso marceneiro. Além de sair bem mais em conta do que comprar pronto, ficou tudo muito mais prático e funcional. Sem falar na beleza e paz de um ambiente reto, moderno, clean, sem excessos. 

Mandamos fazer três berços iguais , o armário embutido (que servirá para a vida inteira) e o móvel do trocador, que é grande o suficiente para acomodar dois bebês, se precisar, na hora de trocar, vesti-los, etc. O colchãozinho do trocador foi feito sob medida, no tamanho, altura e densidade. Em cima do móvel ficam ainda bandejinhas com a garrafa térmica, perfumaria, potes de algodão, remedinhos…  O trocador tem também as gavetas mais usadas no dia a dia, para guardar as fraldas descartáveis, os paninhos de bunda e os paninhos de boca. Tudo à mão.

O quarto dos meninos não tem papel de parede, desenhos de ursinhos, carrinhos, etc. As paredes são beges, o piso claro, os móveis marfim e os protetores de berço, lençóis e a fins brancos. Tudo liso para não poluir o ambiente. As cores ficam por conta dos móbiles e de um quadro branco enorme, que ocupa toda uma parede, onde colocamos fotos e escrevemos dizeres engraçadinhos.

Paninhos de Boca e de Bunda

paninhos-de-boca-e-bunda

Ah, os tais paninhos… Se tem uma coisa que eu não sei mais viver sem é o paninho de boca e o paninho de bunda. Usa-se um paninho de boca a cada mamada. Vai dar mamadeira? Pegue um paninho na gaveta. Antigamente, para secar o leite que escorre da boca do neném durante a mamada usava-se uma fralda ou babador. Mas o paninho é muito mais prático. Menor que a fralda e mais leve que o babador, o paninho é uma mão na roda!

Já na hora de trocar as fraldas, são os paninhos de bunda que entram em ação. Em cima do trocador, usamos um lençol para forrar o colchãozinho, e para não sujar esse lençol em cada troca, colocamos em cima o paninho de bunda. Molhou de água, xixi, cocô, sujou de pomada? Basta trocar o paninho, o lençol ainda fica limpo para mais algumas trocas.

Minha mãe trouxe a idéia de Salvador, com o nascimento da minha sobrinha, Letícia. Não teve dúvida, mandou fazer 340 paninhos, metade para boca, metade para bunda. É super fácil fazer, basta dividir uma toalha-fralda em quatro partes iguais e dar o arremate nas bordas. A cor do acabamento é o que diferencia os paninhos de acordo com a função. Confira na foto, os de boca são xadrezinhos e lisos azuis, enquanto os de bunda são lisos de cores diversas.

Quem quiser pode dar ainda outra utilidade aos paninhos. Uma amiga falou que além dos de boca e bunda, o filho dela tem os “cheirinhos”, usados para agarrar e cheirar na hora de dormir. Aqui em casa, os “cheirinhos” são paninhos de boca limpinhos, macios e cheirosos…

Presentes

 

Era tanto carinho e/ou preocupação dos familiares e amigos que as pessoas nos enchiam de presentes. Ganhamos muita, mas muita coisa mesmo. Nossos amigos nos passaram roupinhas dos filhos que não serviam mais neles. Era tanta roupinha que já não cabia no quarto, que ainda nem tinha os três berços montados.

Hoje, é super gostoso quando as pessoas reconhecem as roupinhas nos meninos. Aliás, aproveito para agradecer a todos aqueles que nos doaram roupinhas, fraldas, presentes e mais presentes que estão sendo super úteis para a gente.

Os sapatinhos da foto ganhamos dos amigos Willian e Mariana.

%d blogueiros gostam disto: